sábado, 27 de outubro de 2012

Cylene Dalegrave apresenta nossa exposição Ao Belchior.






Artistas Cylene Dallegrave, EdaLani  Fabris, Lília Manfroi, Mabel Fontana e Marcos Sanches e a artista convidada Maria Tomaselli expõem na AJURIS. Escola Superior de Magistrado. De 26/10 até 20 de dezembro de 2012.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Convite

CONVITE
Dia 25 de outubro, às 20h, na Pinacoteca da Ajuris – Rua Celeste Gobatto, 229, convidamos para a abertura da instalação de gravuras Ao Belchior, que reúne obras de Cylene Dallegrave, Eda Lani Fabris, Lília Manfroi, Mabel Fontana, Marcos Sanches e a artista convidada Maria Tomaselli. A exposição homenageia a conhecida loja homônima que funcionou em Porto Alegre desde a década de 30 até a de

 80, reunindo os mais variados objetos novos e usados.

Em 2008, os artistas, oriundos do grupo Aflecha, ilustraram o conto Ideias de Canário, de Machado de Assis, que descreve uma loja de belchior. A referência do autor à palavra, já em desuso na língua portuguesa (hoje encontra-se com mais frequência o termo brique) e a lembrança do pitoresco estabelecimento porto-alegrense, chamou a atenção dos gravadores. Ao aceitar o convite da Pinacoteca da Ajuris para a realização de uma mostra de gravuras, a inspiração vintage, despertada por essas coincidências, veio à tona.

Graças ao apoio do antiquário e casa de leilões Ponto de Arte, a ambientação da sala de exposição recupera o estilo antigo, como convém à proposta. A diversidade dos pequenos objetos fica por conta das gravuras, apresentadas em molduras antigas ou novas, de muitas formas e tamanhos, obtidas e “envelhecidas” pelos próprios artistas ou garimpadas em feiras de antiguidades.

O registro do passo a passo da exposição, bem como o conto de Machado de Assis, a história da verdadeira loja Ao Belchior, os encontros no atelier, as gravuras, seus preços e outras curiosidades podem ser encontrados no blog. O período de visitação irá de 25 de outubro a 20 de dezembro, de segundas a sextas-feiras, das 7h30min às 22h30 min e aos sábados das 7h30min às 12h. Nos domingos e feriados a Pinacoteca da Ajuris estará fechada.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Recepção à crítica literária Dulcinea Santos

Virgínia, Dulcinea, Neura, Cláudia, Berenice e Lília no Sítio Îtininga dos Telles da Silva em Maquiné. Passamos um dia maravilhoso lá. Além da beleza de cada recanto onde se observa a mão e o gosto de Glória e Luiz-Olyntho a conversa amiga sobre literatura e arte rolou fácil.
Ah! e muitas fotos com a querida crítica literária Dulcinea dos Santos que veio de Recife para participar do painel sobre João Simões Lopes Neto, presidido pelo anfitrião e participação de Ana Mottin, Virgínia Helena Vianna Rocha e Waldomiro Manfroi.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

No sarau de ontem, dia 13, homenageando Simões Lopes Neto.


Nas fotos, feitas por Michelle Hernandes, no Instituto NT de Cinema e Cultura, Virgínia Vianna Rocha, Renato de Mattos Motta e Cristina Macedo.





segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Redemoinho de ideias sobre Contos Gauchescos de Simões Lopes Neto - Lília Manfroi


Quando compus estas gravuras em metal, fiquei de  rédea no chão, parecia que o Blau me assoprava e empurrava minha com o buril contra o metal. Tanto foi assim que no término das ditas cujas, eu tive que ler novamente os Contos Gauchescod do Simões Lopes Neto para pesquisar de onde vinham estas ideias.
Foi assim que notei que a 1ª gravura da esquerda para a direita, em cima, é o No Manantial, depois Trezentas Onças. As ideias aí andavam embaralhadas, bem assim como saiu na gravura.

A seguir:No Chasque do Imperador  a nhã Tuca fala para o Imperador: "Seu imperador, na volta, venha pousar no rancho da nhã Tuca;é de gente pobre, mas tudo limpinho com a graça de Deus... E sempre há de haver uma terneira gorda para costilhar!... Passar bem, Deus os leve e Deus os traga!...
Depois veio Duelo de Farrapos. Eu me perguntava, de onde saiu esta mulher sensual de perna de fora?  Foi então que achei esta passagem: " Agora veja vancê se não foi mesmo o fungu daquela tal dona - emissária de um dos dois castelhanos - que veio transtornar tanta amizade dos farrapos?...
A outra gravura, vi logo que era a Maria Altina afogada No Manantial.

E por fim a gravura que me saiu assim, num redemoinho de ideias, uns homens enfileirados que olhavam para estranhas carrancas, seria medo da guerra?
Blau conta assim: "Daí a pouco, de em frente, das casas, veio saindo uma gentama, muito em ordem de a dois, de a três.
Posted by Picasa

domingo, 9 de setembro de 2012

Fortuna Crítica de Simões Lopes Neto

“Simões Lopes Neto não foi um grande escritor  por ser regionalista,  mas apesar de o ser.” Flávio Loureiro Chaves.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

"Artigos de Fé do Gaúcho"(final)


11º Mulher, arma e cavalo do andar, nada de emprestar.

12º Mulher, de bom gênio; faca, de bom corte; cavalo, de boa boca; onça, de bom peso.

13º Mulher sardenta e cavalo passarinheiro... alerta, companheiro!...

14º Se correres eguada xucra, grita; mas com os homens apresilha a língua.

15º Quando dois brincam de mão, o diabo cospe vermelho...

16º Cavalo de olho de porco, cachorro calado e homem de fala fina...sempre de relancina...

17º Não te apotres, que domadores não faltam...

18º Na guerra não há esse que nunca ouviu as esporas cantarem de grilo...

19º Teima, mas não apostes; recebe, e depois assenta; assenta, e depois paga...

20º Quando 'stiveres pra embrabecer, conta três vezes os botões da tua roupa...

21º Quando falares com homem, olha-lhe nos olhos; quando falares com mulher, olha-lhe para a boca...e saberás como te haver...

.......................................................................................................................

Que foi?
Ah! quebrou-se a ponta do lápis?
Amanhã vancê escreve o resto: olhe que dá para encher um par de tarcas.


                   João Simões Lopes Neto, "Contos Gauchescos".

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Dânia Moreira e O boi Velho passo a passo

O BOI VELHO

Cuê pucha! ... é bicho mau o homem!
Com essa exclamação inicia-se o conto O boi velho. E a história vai por aí afora, na voz do vaqueano Blau, nos fazendo passear por manhãs ensolaradas e quentes, lembranças de banhos no arroio, algazarra da criançada, a folia no carretão puxado pelos bois. Ôooch! Ôooch!
Contando uma história de amor que dessa vez não é de casal, mas da própria natureza, o animal e o homem.
E o tempo passa, as crianças crescem, mas sempre há outras. O animal envelhece, mas não perde inocência e fidelidade... a natureza segue seu curso, por vezes cruel na sua rudeza, mas nem sombra do que é capaz o bicho homem.
Cuê pucha! ... é bicho mau o homem!
Com a mesma exclamação encerra-se a história.
E fica o pensamento no ar.
Por um mixe couro do boi velho...


Maravilhoso mergulhar no Rio Grande de Simões Lopes Neto. Relendo os contos, na procura de uma provocação para iniciar o trabalho, ecoaram nos ouvidos da imaginação os ecos das vozes de avós,  tios-avós, bisavós, identificados no palavreado campeiro, nas expressões gauchescas tantas vezes ouvidas, heranças da linguagem ‘de fora’ trazidas para a cidade, um mundo que conheci de ouvir falar (e minhas filhas nem assim...) e que já há tanto tempo não ouvia...

 Para ir dando um gostinho e aguçando a curiosidade, algumas imagens do trabalho em processo.










Apresentando Virgínia Helena Vianna Rocha


Virgínia Helena Vianna Rocha
- advogada formada pela Faculdade de Direito PUCRS/ Porto Alegre, Turma Dez/1971. 
Especialista em Comercialização junto ao CICOM/ADVB/PUC/FGV. 
Poemas publicados na coletânea eletrônica do GrupoCero - Madrid; Edição Comemorativa dos 50 anos do Gremio Literário Castro Alves - Porto Alegre; esparsas em jornais; Prosa em publicações coletivas de Oficinas de Criação Literária.

Porta cuia da Ângela Pettini

Porta cuia em bronze.

domingo, 2 de setembro de 2012

Simões Lopes Neto -tese na Sorbonne, Paris


Uma publicação aguardada

Em 1984, na Sorbonne, em Paris, a professora Maria Luiza de Carvalho Armando defendia a longa tese denominada LE REGIONALISME LITTERAIRE ET LE "MYTHE DU GAUCHO" DANS L´EXTREME-SUD BRESILIEN: LE CAS DE SIMÕES LOPES NETO, uma das primeiras ocasiões em que a obra daquele escritor regionalista foi apresentada ao continente europeu. Por quase trinta anos, o original em francês foi mantido inédito. Finalmente, neste ano em que se comemoram cem anos da primeira edição da obra Contos gauchescos, a Editora da Universidade Federal de Pelotas prepara a publicação da tradução daquela tese, como parte da programação dos festejos do bicentenário da cidade de Pelotas. Coordenada pelo Professor Avelino da Rosa Oliveira, diretor das publicações da Coleção FEPRAXIS - ligada à Faculdade de Educação daquela universidade, a ediç&a tilde;o está sendo elaborada em quatro volumes, contando com ilustrações do artista plástico de Porto Alegre, Geraldo Bueno Fischer, e com tradução de Susana Albornoz.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Convite


CONVIDA
PARA A HOMENAGEM AOS
CEM ANOS DE
CONTOS GAUCHESCOS

JOÃO SIMÕES LOPES NETO:
LINGUAGEM E LEITURAS
jsLN
Nos dias
12, 13 e 14 de setembro de 2012
no
Instituto NT de Cinema e Cultura
Rua Marquês do Pombal, 1111
Moinhos de Vento – Porto Alegre
(Entrada franca) .


P r o g r a m a

Nos dias 12, 13 e 14/09:


Dia 12/09
Às 19h
Painel com a participação de
Ana Mariano
- advogada, poeta e escritora -
 Dulcinea Santos
- crítica literária e escritora -
Luiz-Olyntho Telles da Silva
- psicanalista e escritor; membro de Biblioteca Sigmund Freud -
Virgínia Helena Vianna Rocha
- advogada,  poeta e escritora -
 Waldomiro Carlos Manfroi
- escritor, Ex-Diretor da Faculdade de Medicina (UFRGS)
Membro da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina
Membro da Academia Rio-Grandense de Letras
Professor Emérito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul -


A seguir abertura da Exposição de Artes às 20h30min, quando será servido um vinho de honra.

Artistas convidados:
Ângela Pettini
Arlete Santarosa
Cylene Dallegrave
Dânia Moreira
Eda Lani Fabris
Eliane Santos Rocha
Esther Bianco
Jane Machado
Jussara Schivitz
Lília Manfroi
Mabel Fontana
Márcia Rosa
Paulo Olszewski
Raquel Lima


Dia 13 /09
Às 19h
Sarau coordenado por
Cristina Macedo
- poeta e escritora, Membro da Academia Literária Feminina -
Com a participação de
Renato de Mattos Motta
- poeta -
Virgínia Helena Vianna Rocha
- advogada,  poeta e escritora -


Coordenação Geral
Virgínia Helena Vianna Rocha



quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Um pouco mais de "Artigos de Fé do Gaúcho".


6º   Se tens viajada larga não faças pular o teu cavalo; sai ao tranco até o primeiro suor secar; depois ao trote até o segundo; dá-lhe um alce sem terceiro e terás cavalo para o dia inteiro.

7º  Se queres engordar o teu cavalo, tira-lhe um pelo da testa todas as vezes da ração.

8º  Fala ao teu cavalo como se fosse a gente.

9º  Não te fies em tobiano, nem bragado, nem melado; pra água, tordilho; pra muito, tapado; mas pra tudo, tostado.

10º Se topares um andante com os arreios às costas, pergunta-lhe - onde ficou o baio?...

                                               Simões Lopes Neto, "Contos Gauchescos".

Artigos de fé do gaúcho de Eliane santos Rocha

Eliane preparando a tinta para imprimir.

Artigos de fé do gaúcho numa leitura de Eliane Santos Rocha.

O mate de João Cardoso - de Paulo Olszewski



Gravura impressa

 Paulo secando a matriz, no ateliê de Eliane Santos Rocha.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Arlete Santarosa entregou sua xilogravura.



 
 Eda Lani Fabris, Cylene Dallegrave, Lília Manfroi e Mabel Fontana na Grafika do Beko receberam Arlete Santarosa que contou do seu próximo projeto artístico. Um dos focos será "Eu mesma".
Mas o objetivo da visita foi a entrega de sua Xilo  "No Manantial" de Os Contos Gauchescos do nosso João Simões Lopes Neto como é visto acima nas fotos de Cylene e Marcos Sanches.

"A última dança", ainda na pedra, de Raquel Lima.



 Anexo foto da imagem em litografia ainda na pedra,  pretendo construir a obra com impressões em lito e as xilo que já foram publicadas neste blog.

Sobre o conto: 
O título será " A última dança" baseado no conto Jogo do Osso.
Chico Ruivo joga com Osoro e perde um saco de dinheiro, suas botas, um rebenque e o cavalo.  Chico Ruivo, não tendo opção, aposta sua namorada Lalica, e perde. Para causar ciúmes em Chico, Osoro e Lalica dançam agarrados...aquela que será, sua última dança.Chico Ruivo doido de raiva puxa seu facão e golpeia os dois, no coração, de uma só vez.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Esta prova da Lília Manfroi amarelou

 Pintei o tecido e... não deu outra:
 a prova amarelou. O tema partiu de um brainstorming que fiz depois da leitura de vários dos Contos Gauchescos do Simões Lopes Neto.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Apresentando Dânia Moreira




Dânia Moreira
Arquiteta e artista visual
ATELIER DMOREIRA
Rua da República, 567 / 103 Porto Alegre RS
+55 (51) 84198569

DÂNIA MOREIRA (Porto Alegre-RS, 1964)
Artista visual, Mestre em Arquitetura (PROPAR/UFRGS), Especialista em Arquitetura de Interiores (UNIRRITTER), graduada em Arquitetura e Urbanismo (FAU/UFRGS), Bacharel em Artes Visuais – Pintura (IA/UFRGS) e Artes Visuais - Teoria, História e Crítica de Arte (IA/UFRGS). Foi Professora Substituta no Depto. de Design e Expressão Gráfica da Faculdade de Arquitetura (UFRGS) e Professora Assistente da Facudade de Arquitetura da UNISC, foi Diretora do Museu do Sport Club Internacional - Ruy Tedesco e da FECI. Participa da atual Diretoria da Chico Lisboa e da CAAS - Comissão Arquidiocesana de Arte Sacra. É curadora independente e desenvolve suas atividades e pesquisas no Atelier D Moreira Arquitetura e Artes Visuais.

EXPOSIÇÕES | SALÕES 
2012    Chamada Internacional de Arte Postal “Mapas de Influências”, Oficina Cultural Oswald de Andrade, São Paulo-SP; Coletiva Caixas Pretas sobre Cubos Brancos 3º edição Grupo Amplexo/ IEAVI - Fotogaleria Virgílio Calegari – CCMQ Porto Alegre-RS;  Coletiva Arte Postal Viaduto da Borges – Um postal para Porto Alegre, Espaço Foro Trabalhista Porto Alegre-RS; Coletiva Projeto Infoto, Espaço Maurício Rosenblatt, CCMQ Porto Alegre-RS;
2011    Coletiva !ª Pessoa: Pessoas, Galeria de Arte do DMAE, Porto Alegre-RS; Leilão de Arte Contemporânea, Palacete Santo Meneghetti, realiz. Gov. Estado RS, MAC RS e Secretaria de Estado da Cultura;
2010    Coletiva 20 / 20 Múltiplas Expressões, Galeria Bolsa de Arte, Porto Alegre-RS; Catálogo da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa; Salão de Arte Sacra Contemporânea, Mutirão de Cultura América Latina e Caribe, Centro de Eventos da PUCRS, Porto Alegre-RS;
2009     Coletiva Arte [bela] Contemporânea, Bienal B, fotogaleria Virgílio Calegari-CCMQ; Coletiva Reflexos Contemporâneos – a Paisagem e o Objeto, Curadoria Ana Zavadil e outros, Chico Lisboa, Porto Alegre-RS; Mostra Coletivo [Coletivos], Fundação Ecarta, Porto Alegre-RS; 8º Salão Nacional de Arte, Museu de Arte Contemporânea de Jataí-GO; Obras no Caderno de Lit. Ajuris, ano XIII, nº 17; Projeto In Foto, http://projetoinfoto.blogspot.com; Coletiva Marcando a Arte, Pinacoteca da FEEVALE, Novo Hamburgo-RS; 
2008     Coletiva Marcando a Arte, Atelier Plano B, Porto Alegre-RS; Coletiva VAZIO Off Bienal,  www.sinTOMnizado.com.br/vazio, org. Tom Lisboa; Coletiva Sentimentos Expressos, Memorial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre-RS; Coletiva Quatro por um, curadoria Ana Zavadil, Fundação Ecarta, Porto Alegre-RS; Mostra individual 29º57'S, 50º06'W expandindo a pintura de um lugar, Galeria de Arte do DMAE, Porto Alegre-RS; 
2007    1º Salão de Arte 10 x 10 Fundarte, Montenegro-RS; Bienal B: Coletiva O que você considera arte?, Atelier Plano B, Porto Alegre-RS; Bienal B: Coletiva Sob Pressão, Espaço Cultural Casa dos Bancários, Porto Alegre-RS; Coletiva Arte + Arte - Em nome da Terra, Galeria Xico Stockinger-CCMQ P. Alegre-RS; Coletiva Em fim, nós, Pinacoteca Barão de Santo Ângelo - IA UFRGS, P. Alegre-RS; Mostra Estação Lar - Espaço Criare, prom. CAST/Silvio Teitelbaum; Coletiva Espaços Vividos, Chico Lisboa, P. Alegre-RS, curadoria Ana Albani de Carvalho Coletiva Tous Photographes ! La mutation de la photographie amateur à l'ère numérique, Musée de l'Elysée, Lausanne, Suiça.

Contatos
ATELIER DMOREIRA
Rua da República, 567 / 103 Porto Alegre RS








Posse de Cristina Macedo na ALFRS



Cristina Macedo tomando posse na cadeira 23 da Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul cuja antecessora foi a poeta e professora gaúcha Anna Luiza Teixeira.

Cristina é poeta, criadora e apresentadora do Sarau Literário Zona Sul e no próximo dia 13 de setembro, convidada do Grupo Ponto Comum, estará  apresentando Contos Gauchescos de Simões Lopes Neto no Instituto NT de Cinema e Cultura na Rua Marquês do Pombal, 1111.

Raquel Lima xilogravando Simões Lopes Neto



O passo a passo de Raquel Lima gravando na madeira.

Apresentando Mabel Fontana


MABEL FONTANA
   Graduada em Pintura pela Escuela Superior de Bellas Artes de la Universidad Nacional de La Plata,
Argentina. Cursou técnicas de gravura no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre. Frequentou
aulas de gravura na Volkshockschule em Heidelberg, Alemanha, e na Oficina de Gravura do Museu
de Arte Contemporânea de São Paulo.
   Participa de exposições coletivas e salões nacionais e internacionais desde 1979, entre outras no
VIII salão do Jovem Artista, Porto Alegre (1979); The 19th. International Independant Exhibition of
Print in Kanagawa, Japão (1997); Arte Gráfica da América, Bielsko-Biala, Polônia (1998); Litografias
Portenhas e Gaúchas, Centro Cultural Borges, Buenos Aires e MARGS, Porto Alegre (2000); Galeria
Gravura Brasileira, São Paulo (2002); II Bienal Nacional de Gravura Olho Latino, SESC Campinas
(2002), selecionada no II Certamen Internacional de Artes Plásticas Aires de Córdoba, Espanha
(2004) e no International Mini Print of Sarajevo, Euro Art Center(2005), Menção Honrosa na Trienal
Iberoamericana de Grabado en pequeño formato, Buenos Aires (2006); Lito Graphein-escritas na
pedra, 50 anos do Atelier Livre, Centro Cultural CEEE, Porto Alegre (2011).
   Integrou o Núcleo de Gravura do RS, participando de sua Diretoria Executiva nos períodos de
1994, 1997, 2000 e 2002. Destacándo-se as mostras: Arte Gráfica Gaúcha, Museu Nacional de Belas
Artes, Rio de Janeiro (1998); Pluralidad e Identidad, Museo Nacional del Grabado, Buenos Aires
(2000); Trilhando a Gravura, Museus Castro Maya, Rio de Janeiro (2001) e Múltiplos, exposição
itinerante comemorativa dos 20 anos do Núcleo de Gravura do RS.
   Desenvolveu projetos de gravura com o grupo Aflecha recebendo o Prêmio Açorianos em Artes
Plásticas em Projeto Alternativo (2007); Projeto Boitatá no coletivo Essa Poa é Boa (2007); Trinca,
Museu de Arte do RS (2008) e Museu de Arte Ruth Schneider, Passo Fundo, RS (2009): Lendas
urbanas de Porto Alegre, Galeria Gestual, Porto Alegre (2010), Studio Clio, Porto Alegre (2011),
entre outros.
   Realizou exposições individuais entre outras, na Casa de Cultura e Galeria Municipal de Arte de
Caxias do Sul/RS (1997) e no Museu do Trabalho, Porto Alegre (2001- 2005).

Jane Machado mostra seu Jogo do Osso


Conforme Cylene Dallegrave,  Jane tingiu o pano com café, ficou ótimo, parece um estudo de anatomia em papiro. Show de bola. 

sábado, 25 de agosto de 2012

Cylene Dallegrave fala do Vocabulário Simoneano


... segue aí embaixo as palavras que eu pincei do Vocabulário Simoneano encontrado em Contos Gauchescos e Lendas do Sul, João Simões Lopes Neto, edição crítica. São dois tomos, contendo os textos originais, introdução, comentários, glossário e outras cositas más, assinadas por Aldyr Garcia Schlee. Editado pela Editora Unisinos e IEL: 

DE ALCE - parada, estacada, descanso; BOLICHO - bodega, casa de comércio; CALAVERA - pessoa de mau comportamento; DESPACITO - bem devagar; SILBIDO - silvo, assobio; ABOMBADO - assoleado, cansado, ofegante; ACOQUINAR - amedrontar; AFICIONADO - afeiçoad0; AGUENTE - vigor físico; BOMBEAR - vigiar; CABORTEIRO - mentiroso, pessoa matreira; CAJETILHA     -     homem da cidade, almofadinha, janota; CAPINCHO - o mesmo que capivara; CARGOSEAR - importunar, molestar reiteradamente; CHASQUE - mensageiro, emissário; CORAÇONADA -impulso, tentação, vontade; DOBLE - duplo; EMPEÇAR - começar, principiar; ENTREVERO - peleia, combate; ENVITE - convite; HARAGANO - Arisco, fugidio; LONQUEAR - tirar o couro, matar; MIRONE - aquele que mira, espectador; MANANTIAL - pântano, tremedal; MOROCHA - morena, mestiça. TATA - papai

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Continuando...


Mais alguns conselhos que constam do "Artigos de Fé do Gaúcho", em "Contos Gauchescos", de Simões Lopes Neto:

2º Doma tu mesmo o teu bagual: não enfrenes na lua nova, que fica babão; não arrendes na minguante, que te sai lerdo.

3º Não guasqueies sem precisão nem grites sem ocasião: e sempre que puderes passa-lhe a mão.

4º Se és maturrango e chasque de namorado, mancas o teu cavalo, mas chegas; se fores chasque de vida ou morte, matas o teu cavalo e talvez não chegues.

5º A maior pressa é a que se faz devagar.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Apresentando Lília Manfroi

Lília M. Sentinger Manfroi, natural de Porto Alegre, é formada em pedagogia pela UFRGS e mestre em Educação. Na Escola Estadual 1º de Maio, de Porto Alegre, da qual foi aluna, desenvolveu diversas atividades pedagógicas e foi a primeira diretora eleita.


Na juventude, dedicou-se à esgrima, tornando-se campeã brasileira individual em 1967. Participou do Pan_Americano-63 e da Universíade-63.
É referência bibliográfica do livro Universíade 1963, de Rodrigo Koch, Unisinos, 2003.




Cursou a Oficina Literária 9, na PUCRS, com o escritor L. A. Assis Brasil, e a de Vera Molina no Atelier Livre e Solar dos Câmara.Participou das antologias Contos de Oficina 9, 1992 e Contos no Solar, 1995. Autora do Romance: Caringi, Agora estou Ali em Bronze, Ed AGE, 2005.Finalista no Concurso Literário Expresso das Letras - Poesia 2007 .
Recebeu Menção Honrosa no 5º Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães da Jornada Literária de Passo Fundo,RS -1995. 


É membro da AGEs Associação Gaúcha de Escritores e da AERGS.  
Cronista do Boletim Informativo de Bombinhas,SC. 

http://www.boletiminformativo.net/Boletim/Home.html

Escultora premiada e verbete no Catálogo de Artistas Plásticos do RS da Associação de Artistas Plásticos Francisco Lisboa, 1998,  no Dicionário de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul de Renato Rosa e Décio Presser e no The 14th International Triennial of Small Forms, Poland - Lódz.


Fez gravura em metal com o Grupo Aflecha, com Rodrigo Pecci no Museu do Trabalho e com Eliane Santos Rocha.

Em 2007 recebeu o 1º Açorianos de Artes Plásticas em projeto alternativo em Artes Plásticas com o Grupo Aflecha. Gravura em Metal. Porto Alegre.
e 1º lugar no 3º Prêmio Gaúcho de Excelência Gráfica – Livros Culturais- Aflecha/ ANS Fotolitos com o minilivro Quinta de São Romualdo, de Simões Lopes Neto. 

Veja seu site:  

http://www.liliamanfroi.com


Apresentando Waldomiro Manfroi


Resumo do Currículo
Waldomiro Carlos Manfroi
Ingressou na Faculdade de Medicina da UFRGS em 1960, onde se formou 1965, quando foi orador da turma.
Em 1972 obteve o Título de Especialista em Cardiologia, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Em 1972, obteve o título de especialista em Educação, pela Faculdade de Educação da UFRGS.
Em 1974 obteve o título de Fellow in Cardiology, no Sth Joseph Hospital da cidade de Syracuse, Nova York, dos Estados Unidos da América do Norte.
Obteve o título de Doutor em Cardiologia pela UFRGS em 1979.
Professor Titular, por concurso público da Faculdade de Medicina da UFRGS em 1986.
Foi Diretor da Faculdade de Medicina da UFRGS em dois períodos, de 1995 a1998 e de 2001 a 2005. Pró-Reitor de Extensão da UFRGS de 1998-1999.

Professor Emérito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2007
Honra ao Mérito, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, pelo incentivo à pesquisa, em 2007.
Medalha Honra ao Mérito, 2008, da Associação Brasileira de Educação Médica, pelos serviços prestados à Educação Médica Brasileira.
Ocupante da cadeira número 30 da Academia Rio-Grandense de Letras desde 2009.
Ocupante da Cadeira de número 58 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina desde  novembro de 1910.
Como pesquisador tem, entre artigos, capítulos de livros e artigos 95 trabalhos publicados.

Como escritor tem as seguintes obras publicadas:
Tempo de viver. Romance Palmarinca e EST, 1992 e Reedição, em 2008 Editora Biblioteca24horas. São Paulo.
O ultimo voo. Romance. Parlenda e EST, 1994
A confissão do espelho. Romance. Editora Movimento, 1999
Os demônios do lago. Romance. EI- Edições Inteligentes. São Paulo, 2004
Férias interrompidas. Romance. AGE. Porto Alegre, 2005
Vestígios – Romance. Editora Biblioteca24horas, 2011 -. São Paulo
Livro de contos: Sinfonia às avessas. Editora Letra e Vida, 2009. Porto Alegre.
Site no Artistas Gaúchos: Médicos escritores através dos tempos.

Cristina Macedo na Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul.

Um bom motivo para nos abraçarmos e à Cristina Macedo.

"ARTIGOS DE FÉ DO GAÚCHO"


"Muita gente anda no mundo sem saber pra quê: vivem, porque vêem os outros viverem.
Alguns aprendem à sua custa, quase sempre já tarde pra um proveito melhor. Eu sou desses.
Pra não suceder assim a vancê, eu vou ensinar-lhe o que os doutores nunca hão de ensinar-lhe por mais que queimem as pestanas deletreando nos seus livrões. Vancê note na sua livreta:

1º Não cries guaxo: mas cria perto do teu olhar o potrilho pro teu andar." (Joaõ Simões Lopes Neto, em "Contos Gauchescos).

Postei aqui apenas o 1º artigo de fé. São 21!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Fortuna Crítica - Contos Gauchescos - Simões Lopes Neto

"Jogando com matéria bruta limitada, com elementos primários para construir a sua ficção, reduzida a um escasso repertório de situações, conseguiu tirar efeitos imprevistos de tamanha pobreza, ao trabalhar em intensidade. Contos Gauchescos e Lendas do Sul  são livrinhos repletos  de achados em matéria de ritmo e colorido, imagens e conceitos. Embora se enquadrem na literatura regional - e esse é um obstáculo muito sério para a maior difusão da obra - acham-se fundamente marcados de verdade humana, transcendendo o círculo restrito do interesse local."
                                                     Augusto Meyer, 1950, da Obra Completa de Simões Lopes Neto

Apresentando Raquel Lima


 Raquel Lima 
Nascida em Brumado, interior da Bahia, desde 1998 vive e trabalha em Porto Alegre, RS.
Na área das artes, cursou o Atelier Livre da Prefeitura, oficinas com mestres como: Mirian Tolpolar, Virginia Quites, Ana Lovato, Niura Ribeiro,Cava, Anico Herskovits, entre outros. Ao longo de dezoito anos ininterruptos, teve participação em Bienais de Gravura, dezenas de Salões e Exposições coletivas em Museus e Galerias: Museu de Arte Contemporânea de Jataí - Goiás / Museu Olho Latino - Atibaia - SP/ Museu Ruth Schneider - Passo Fundo - RS / Museu da Gravura Brasileira - Bagé - RS / Museu de Arte Contemporânea - Porto Alegre - RS / Museu José Bica de Medeiros-Alegrete - RS / Museu de Arte de Santa Catarina - Florianópolis - SC / Galeria Modernidade - Novo Hamburgo - RS / Pinacoteca da Feevale - Novo Hamburgo - RS/ Galeria Gravura Brasileira - SP/ Casa de Cultura Mario Quintana - Porto Alegre - RS/ Paço Municipal - Porto Alegre - RS / Galeria do Instituto de Letras e Artes de Pelotas - RS / Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa - Porto Alegre - RS / Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre - RS / Museu de Ciências e Tecnologia da PUC - Porto Alegre - RS / Pinacoteca da Universidade Federal da Paraíba - J. Pessoa - PB / Casa de Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima - Caxias do Sul - / Fundação Memorial da América Latina - SP / Palais de Glace - Buenos Aires, entre outros.
Trabalhou ativamente no Núcleo de Gravura do Rio Grande do Sul, onde foi membro da Diretoria Executiva entre 2003 e 2005 e participou de projetos em parceria com o Santander Cultural. Obteve indicação como Destaque em Gravura no IV Prêmio Açorianos de Artes Plásticas em 2010, Porto Alegre,RS / 2008 - Prêmio Incentivo a Criatividade e Produção SESI Descobrindo Talentos Mostra Regional / Troféu SESI Descobrindo Talentos - Mostra Municipal - Porto Alegre, RS / 2001 - Prêmio Aquisição Salão de Arte de Cachoeira do Sul - Pomoçao SESC / Medalhas 1º lugar Geral do Salão, 1º lugar pintura e 2º lugar em gravura - Salão de Cachoeira do Sul - SESC, Jornal do Povo e Prefeitura de Cachoeira do Sul, RS.
Recentemente recebeu Prêmio Incentivo à Produção  pela  exposição EX CORDE Litografias - Galeria de Arte Fernanda Perracini Milani – Jundiaí, SP.

Obras em Acervo
MAC – Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – Porto Alegre, RS / Museu Pinacoteca da Casa da Cultura – Teresina, PI / Museu de Arte Contemporânea de Jataí, GO / Museu Olho Latino – Atibaia, SP / SESC – RS / Galeria e Centro Histórico Cultural Antônio Klinger Filho – Porto Alegre, RS / Caixa Econômica Federal – Maceió, AL / Caixa Econômica Federal – Penedo, AL. 
CONTATOS
Raquel Lima
(51) 81360376

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Apresentando Cristina Macedo


 Cristina Macedo no Iaiá na 36ª edição do SARAU LITERÁRIO ZONA SUL.

Cristina Macedo é poeta, escritora e tradutora. Mestre em Literatura da Língua Portuguesa, pela
UFRGS, traduziu "Ariel", de Sylvia Plath,com Rodrigo Garcia Lopes,publicado pela Editora Verus,
Campinas, 2007. Tem contos nas coletâneas "Ponto de Partilha I", Editora Kalligráphos, Porto Alegre,
2008; "Arca de Impurezas", 2008 e "Arca Profana",2010, ambos publicados pela Território das Artes
Editora, Porto Alegre. Criou o Sarau Literário Zona Sul, que apresenta desde 2008. Blog:
http://cris-cristinamacedo.blogspot.com
email: cris.lm@terra.com.br

Apresentando Eliane Santos Rocha


ELlANE SANTOS ROCHA
Dados pessoais:
NOME: Nara Eliane Lagranha Santos Rocha NOME USUAL: Eliane Santos Rocha
NOME ARTíSTICO: Santos Rocha
NASCIMENTO: Sant'Ana do Livramento - RS - 13.11.1943
RG: 1027893732 – CIC : 908647860/34 -
Formação artística:
Trabalhou algum tempo em cerâmica, passando após para o desenho. Posteriormente dedicou-se à pintura com tinta acrílica sobre tela.
Desde 1990 trabalha em atelier próprio com gravura em metal, onde também ministra aulas de gravura.
1967/1973 - Freqüentou cursos especificos e trabalhou em cerâmica no Atelier de Miriam Pchara, em Canoas/RS
1971/1983 - Ministrou cerâmica, no Curso de Criatividade, para adultos e crianças, na Escola de 1° e 2° Graus Pastor Dohms, em Porto Alegre/RS;
1974/19831990/1991 - Freqüentou o Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre/RS, com os professores Paulo Porcela (1977), Wilbur Olmedo (1974/1976), Iracema Cafruni (1978), Clébio Sória (1979/1981), Ana Isabel Lovatto (1982), Nelcido Rosa (1983) e Armando Almeida (1990/1991);
1993 - Desenvolve pesquisa para a produção de tinta talho doce para gravura em metal, produzindo todas as tonalidades que sâo empregadas em seu trabalho;
NOV/1998 - De 03 a 13 participa de Oficina de Litografia no Centrum voor grafiek Frans Masereel em Kasterlee/Bélgica;
Premiações: mais de dez, destacando-se:
2010 - IV Prêmio Açorianos de Artes Plásticas – Indicada como Destaque em Gravura, pela exposição Código Pessoal – Porto Alegre/RS;
2007 - 1º Prêmio Açorianos de Artes Plásticas – Categoria Projeto Alternativo de Produção Plástica – como integrante do grupo A Flecha – Porto Alegre/RS;
2003 - Salão Sesquicentenário de Jaú/SP - "Hors Concours";
2002 - 2° Lugar em Gravura no IV SACHA - Salão Internacional de Artes Plásticas de Chavantes - Chavantes,SP;
1995 - Troféus Destaque em Gravura em 1993 e 1994 - Associação Francisco Lisboa;
1994 - Grande Prêmio - Destaque - V Salão Latino Americano de Artes Plásticas - Museu de Artes - Santa Maria, RS;
1993 - Destaque em Gravura XVI Salão Associação dos Artistas Plásticos Francisco Lisboa Porto Alegre, RS;
1985 - Pequena Medalha de Bronze no 9° Salão de Artes Plásticas de Franca! Sâo Paulo.
Mais de quarenta participações em salões nacionais e internacionais, destacando-se:
2011 – 5ª Bienal Nacional de Gravura Olho  Latino -  Atibaia/SP
2011- 14th International Triennial of Small Graphic Forms, Poland – Lódz;(junho 2011)
2006 - Bienal de Gravura - Gravure de lune - Lille - França; 
2005 - Third International Biennial of mini print- Tetovo - Macedonia;
2004 - 2nd Bienniallnternational Printed Bookmarks Exchange - Charleroi - Bélgica; 2003 - 4th Egyptian International Print Triennale 1999 - Arab Republic Of Egypl:
2003 - 2" Bienallnternacional DOURO 2003 - Alijó - Portugal- como artista convidada; 2003 - 7ê Premi EI Caliu - Concurs International de Gravat - Olot- Girona - Espana; 2002 -11-th International Exhibition Small Graphic Forms, Poland-Lódz'02;
2001 - V Salão Internacional de Artes Plásticas Sala Especial como Artista Convidada - Bento Gonçalves/RS; 2001 - The International Small Engraving Saloon 2001 - Florean Museum - Romênia;
2001 - 1" Bienallnternacional DOURO 2001 - Alijó - Portugal;
2000 · 4" Muestra Latinoamericana y 1" Internacional de Miniprint  - Universidade Nacional de Rosario - Argentina;
2000 - The 3rd International Treinnial of Graphic Arts - Bitola 2000 - Macedonia;
2000 - The International Small Engraving Saloon 2000 - Florean Museum - Romênia;
2000 - 3rd International Biennal Racibórz 2000 - Polônia;
1999 - The International Small Engraving Saloon 1999 - Florean Museum - Romênia; 1998 - 2nd International Biennal- Rracibórs'98 - Polônia;
1997 - 19 th Internationallndependante Exhibition of Prints in Kanagawa - Japan; 1996 - Small Graphic Forms Lódz 96 - Poland;
1995 - The 18th Internaticionallndependent Exhibition of Prints in Kanagawa - Japão, com aquisição de obra;
1995 -15th Mini Print International de Cadaqués - Spain, Finland, England , France;
1993 - Zeitgenossische Kunst Graphik ans Brasilian Katholische Universitat Eichstalt - Alemanha;
1991 - 1st. Annuallnternational Exhibition Miniprint. Junniper Gallery. Califórnia, USA, com aquisição de obra; 1984 - XXXVIII Salão de Artes Plásticas de Pernambuco.
Exposições individuais: mais de  20, destacando-se:
2009 - Exposição Individual na Cultural Gallery of Arts Dante Sfoggia, do Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano; Porto Alegre/RS;
2006 - Exposição Individual no Espaço Cultural da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Rio de Janeiro/RJ;
2005 - Exposição Individual intitulada Código Pessoal, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul- MARGS - Porto Alegre/RS;
2005 - Individual na Galeria Delphus - Porto Alegre - RS;
2001 - Exposição Individual no SESC de Lajeado/RS;
1998 - Exposição Individual no Banco do Brasil em Bruxelasl Bélgica - patrocinio da Petroquímica Triunfo e Lei de Incentivo à Cultura do RS;
1994 - Exposição Individual in de Ridderzaal - Belfort, Grote Markl AALST - Bélgica;
1992 - Individual na Bolsa de Arte de Porto Alegre/RS
1987 - Mostra Individual na Galeria Cambona - Porto Alegre, RS; 1985 - Exposição Individual no Museu de Arte de Santa Catarina.
Exposições coletivas: mais de cem, destacando-se:
2011 - O Museu Sensível – Uma visão da produção de artistas mulheres na coleção do MARGS – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – POA/RS;
2007 -  Exposição na “Galeria Arte em Papel” da Aliança Francesa de Brasília, juntamente com o artista carioca Alex Gama:
2006 - Exposição Coletiva" MAC no A6" - Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul- Porto Alegre/RS - Brasil;
2004 - Gomboc Gallery, Middle Swan, Western Australia;
2003 - Stedelijk Museum - Oud-Hospitaal - Aalst - Bélgica:
2002 - Frans Masereelcentrun - Bélgica - Exposição comemorativa ao jubileu do Centro Gráfico;
2002 - Espaço de arte Francis Bacon - Curitiba - Paraná;
2001 - Exposição "Reations" - Galeria Exit Art - Nova York
2000 - Museo Nacional dei Grabado - Buenos Aires - Argentina;
1999 - Panorama D'Art Brésilien Contemporain - Cacco Zanchi Kunstgalerij - Aalst - Bélgica;
1998 - Wingfield Arts & Music Festival - Wingfieldllnglaterra;
1998 - Taller Galeria Fort - Cadaqués/GironalEspanha;
1998 - Galeria Bielska BWA - SZTUKA AMERYKI POLUDNIOWEG (Gráfica de Sulamerica) - Bielsko-Bialal Polônia;
1998 - Panorama Brasilianischer Kunst Der Gegenwart - Brasilianische Kulturinstittu in Deutshland (ICBRA) - Berlim, Alemanha;
1998 - Gravura & Brasil 98 - 11 Mostra Nacional de Gravura - Centro de Ciências, Letras e Artes - PUC Campinas/SP;
1996 - Graphic Work and Sculptures - Galeria Domplein - Utretch - Holanda - Coletiva de arte latino-americana;
1992 - Edel Trade Center: Arte Contemporânea Destaque no Rio Grande do Sul - Porto Alegre, RS.


ATELlER: Rua General Nestor Silva Soares 353 – Bairro Três Figueiras - Porto A1egre/RS/Brasil- CEP 91330-050 - TELEFONE: (51) 33.31.53.40

Porto Alegre,agosto de 2012